Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

zassu

22
Out20

Versejando com imagem - Retórica da paisagem, Fernando Guerreiro

VERSEJANDO COM IMAGEM

 

RETÓRICA DA PAISAGEM

Pássaros

O que se pede da poesia? Que nos entretenha os olhos

com as rendas sulfurosas de um doentio crepúsculo?

Com efeito, no poema, as palavras não nos servem

de cestos em que se recolham - dilatados, quase

a cair das árvores - os frutos. E, contudo, continuamos

a confundir os caminhos do poema com os do mundo

quando eles, na natureza, apenas nos apontam

a incerteza do destino. As palavras repetem-se -

frutos atirados sobre a mesa - e a morte,

para quem não acredita no poder de transfiguração

das metáforas, esgota da vida todo o sentido.

Diz-se: os ramos não crescem no quadro,

os pássaros deixam de assolar a paisagem -

e o pensamento, ao refletir-se, deixa a tela

pejada dos restos em que se perdeu pelo

horizonte. Mas todo o conhecimento

acaba no ponto em que o voo se

confunde com a linha acidentada da planície.

 

Fernando Guerreiro,

in 'Teoria da Literatura'

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Aqui há coração

    Poesia em cada palavra.

  • Anónimo

    Depois de ler o texto e do qual gostei imenso (poi...

  • Anónimo

    Depois de ler o texto e do qual gostei imenso (poi...

  • concha

    Herberto Helder! Tão Grande

  • Anónimo

    Um lindo poema cheio de nostalgia.Gostei muito.Par...

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub