Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

zassu

02
Set20

Versejando com imagem - Nunca gostei de portas, José Miguel Silva

 

VERSEJANDO COM IMAGEM

 

NUNCA GOSTEI DE PORTAS

28.- 2020.- Lubián 01 (115)

Eu nunca gostei de portas, sempre as vi como

um grosseiro despotismo. Não percebia por

que razão davam passagem a uns e outros não.

Rebelei-me contra elas, tornei-me arrombador.

Decidido a contestar os seus desígnios, passei

os melhores anos da minha juventude a estudar

o idioma das fechaduras. Aos poucos, alcancei

uma secreta mestria: nenhuma resistia à sedução

dos meus arames. As portas franqueadas, e não

o que atrás delas se defende, procurava. Poucas

vezes roubei. Esta alegria me bastava - introduzir

desordem na composta segurança duma casa.

Agora que penso nisso, acho que havia algo

de bárbaro nessa minha obsessão por destruir

a ilusória placidez das fortalezas, os escudos

da propriedade, da suficiência. Porta atrás

de porta, a minha vida passou. Até chegar aqui,

a este lugar indistinto. Também nele há uma porta.

Não me seria difícil arrombá-la. Não fosse dar-se

o caso (e esse é o castigo da minha soberba)

de não saber se estou no céu ou no inferno.

 

 

José Miguel Silva,

in Erros Individuais, ed. Relógio D' Água

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Jorge

    Olá, por acaso tem a análise deste poema?

  • Jorge

    Olá, por acaso tem a análise deste poema?

  • Aqui há coração

    Poesia em cada palavra.

  • Anónimo

    Depois de ler o texto e do qual gostei imenso (poi...

  • Anónimo

    Depois de ler o texto e do qual gostei imenso (poi...

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub