Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

zassu

23
Jun20

Poesia em tempos de desassossego -Menino e Moço, António Nobre

 

POESIA EM TEMPOS DE DESASSOSSEGO

 

MENINO E MOÇO

 

BartolomeEstebanMurillo-Youngboysplayingdice

(Jovens jogando dados, de Bartolomeu Estêvão Murillo, 1618)

 

Tombou

da haste a flor da minha infância alada.

Murchou na jarra de oiro o pudico jasmim:

Voou aos altos céus a pomba enamorada

Que dantes estendia as asas sobre mim.

 

Julguei que fosse eterna a luz dessa alvorada,

E que era sempre dia, e nunca tinha fim

Essa visão de luar que vivia encantada,

Num castelo com torres de marfim!

 

Mas, hoje, as pombas de oiro, aves da minha infância,

Que me enchiam de lua o coração, outrora,

Partiram e no céu evolam-se à distancia!

 

Debalde clamo e choro, erguendo aos céus meus ais:

Voltam na asa do vento os aias que a alma chora,

Elas, porém, senhor, elas não voltam mais...

 

António Nobre

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Aqui há coração

    Poesia em cada palavra.

  • Anónimo

    Depois de ler o texto e do qual gostei imenso (poi...

  • Anónimo

    Depois de ler o texto e do qual gostei imenso (poi...

  • concha

    Herberto Helder! Tão Grande

  • Anónimo

    Um lindo poema cheio de nostalgia.Gostei muito.Par...

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub