Quinta-feira, 16 de Novembro de 2017

Poesia e Fotografia 517

 

 

POESIA E FOTOGRAFIA

 

POEMAS NOS DIÁRIOS DE MIGUEL TORGA

 

 ECO


Desatei o nó cego do silêncio
E ouvi a minha voz.
Tão velha, tão cansada!
Como pode ser ela, assim tão desfigurada,
A que um dia se ergueu um desafio
E cantou a revolta,
A liberdade
E o amor?!
Grande senhor
Fantasioso,
O tempo dá e tira.
Afina
E desafina
A lira
Dos poetas.
E quando se aproxima
A barca de Caronte,
Num último capricho de os negar,
Reduz a fonte
À sede de a lembrar

São Martinho de Anta, 25 de Agosto de 1979

lira-23-cordas-em-nylon-mini-harpa-D_NQ_NP_13845-M


publicado por zassu às 12:26
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 11 seguidores

.Março 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9



27
28
30
31


.posts recentes

. Poesia e Arte 78

. Poesia e Fotografia 618

. Poesia e Fotografia 617

. Poesia e Arte 77

. Poesia e Arte 76

. Poesia e Fotografia 616

. Poesia e Fotografia 615

. Poesia e Fotografia 614

. Poesia e Fotografia 613

. Poesia e Fotografia 612

.arquivos

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

.tags

. todas as tags

.A espreitar

online

.StatCounter


View My Stats

.subscrever feeds