Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

zassu

20
Set17

Poesia e Fotografia 461

 

 

POESIA E FOTOGRAFIA

 

POEMAS NOS DIÁRIOS DE MIGUEL TORGA

 

CONDENAÇÃO


Podes ler o poema.
Mas nunca saberás
Que cada verso flectido no poente
É um grito quebrado e transparente,
E te leva um recado
Urgente como a luz que se despede
Na vidraça.
Luz que morre e que pede,
No letal desamparo,
A compassiva graça
De um último reparo.


Coimbra, 12 de Janeiro de 1974

 0_kgg-9POGXN3LcCMx.png

19
Set17

Poesia e Fotografia 460

 

 

POESIA E FOTOGRAFIA

 

POEMAS NOS DIÁRIOS DE MIGUEL TORGA

 

NATAL


Todos os anos, nesta data exacta,
Momentos antes
De fechar o cartório
De poeta
- Um registo civil ultra-real -,
O mago desse arquivo de presságios
Regista de antemão o mesmo nome
No seu livro de assentos:
- Jesus… - repete com melancolia,
A consumar a morte prematura
Do nascituro,
E a lamentar que a mãe, Virgem Maria,
Humana criatura,
Continue a ter filhos no futuro
Condenados à mesma desventura.


S. Martinho de Anta, 24 de Dezembro de 1973

Maria-1200x640.jpg

18
Set17

Poesia e Fotografia 459

 

 

 

 

POESIA E FOTOGRAFIA

 

POEMAS NOS DIÁRIOS DE MIGUEL TORGA

 

RENÚNCIA


Agora, que não vens, é que sossego.
Lucidamente, nego
Tudo quanto sonhei.
Desaperto o nó cego
Que apertei
Na hora cega em que te conheci.
Sou eu de novo só, como nasci,
A subir o calvário
Sem ninguém que me valha.
Sem deixar o sudário
Em nenhuma toalha…


Coimbra, 27 de Outubro de 1973

boy_child_sad_alone_sit_want_to_be_alone_cry_hide_

17
Set17

Poesia e Fotografia 458

 

 

POESIA E FOTOGRAFIA

 

POEMAS NOS DIÁRIOS DE MIGUEL TORGA

 

ALGARVE


Levo-te emoldurada na retina,
Terra que Portugal sonhou e sonha ainda,
Que imagina depois de conhecer.
Só na retina poderei reter
Um mar que é outro mar,
Um sol que é outro sol,
Gente que é outra gente,
E casas que parecem de repente
Albornozes de pedra.
Magias naturais como a paisagem
Aberta à luz do dia,
Sempre real e sempre uma miragem
Táctil e fugidia…


Carvoeiro, 20 de Julho de 1973

Holidays-Carvoeiro-Algarve.jpg

16
Set17

Poesia e Fotografia 457

 

 

POESIA E FOTOGRAFIA

 

POEMAS DOS DIÁRIOS DE MIGUEL TORGA

 

REGRESSO


Quanto mais longe vou, mais perto fico
De ti, berço infeliz onde nasci.
Tudo o que tenho, o tenho aqui
Plantado.
O coração e os pés, e as horas que vivi,
Ainda não sei se livre ou condenado.


Coimbra, 20 de Junho de 1973

_NOC8041.jpg

16
Set17

Poesia e Fotografia 456

 

 

POESIA E FOTOGRAFIA

 

POEMAS NOS DIÁRIOS DE MIGUEL TORGA

 

BREVE ADEUS


É um adeus que te digo num poema,
Continente solar,
Grande e fermente coração da terra!
É um adeus de poeta atribulado,
Que dos longes da História
E na carne dos seus
Veio ver a negrura
De um pesadelo.
É um adeus que, ao dizê-lo,
Se coalha nos olhos marejados,
E dói tanto
Que não pode ter versos demorados,
Que não pode durar além do pranto.


A voar para Lisboa, 12 de Junho de 1973

616552_afrika_priroda_peyzaj_derevo_kustyi_nebo_ob

15
Set17

Poesia e Fotografia 455

 

 

POESIA E FOTOGRAFIA

 

POEMAS NOS DIÁRIOS DE MIGUEL TORGA

 

EMBONDEIRO


Por mais que mude a luz
De cada panorama,
O teu vulto persiste
Em ser a imagem triste
Da tristeza africana.


Tete, 5 de Junho de 1973

art-is-derived-from-natural-baobab-the-bottle-tree

14
Set17

Poesia e Arte 55

 

 

POESIA E ARTE

 

POEMAS NOS DIÁRIOS DE MIGUEL TORGA

 

DIOGO CÃO


A pura glória tem
A humilde singeleza do teu nome.
E cresce eternamente,
Como um caule imortal,
No fuste do padrão
Que a tua inquietação
Ergueu
Nestes confins do mundo onde chegou.
Limpo brasão de quem só descobriu
E nada conquistou.


Santo António do Zaire, 23 de Maio de 1973

6070682.jpg

12
Set17

Poesia Fotografia 454

 

 

POESIA E FOTOGRAFIA

 

POEMAS NOS DIÁRIOS DE MIGUEL TORGA

 

VIAGEM


É o vento que me leva.
O vento lusitano.
É este sopro humano
Universal
Que enfuna a inquietação de Portugal.
É esta fúria de loucura mansa
Que tudo alcança
Sem alcançar.
Que vai de céu em céu,
De mar em mar,
Até nunca chegar.
É esta tentação de me encontrar
Mais rico de amargura
Nas pausas da aventura
De me procurar…


Coimbra, 17 de Maio de 1973

e07946fd3bf8b748e657110bd7d4a37b.jpg

12
Set17

Poesia e Fotografia 453

 

 

POESIA E FOTOGRAFIA

 

POEMAS NOS DIÁRIOS DE MIGUEL TORGA

 

MISSÃO


«Deixem passar…»
Havia sentinelas a guardar
A fronteira do sonho proibido.
Mas ergui, atrevido, a voz de sonhador,
E passei
Como um rei,
Sem dar mostras do íntimo terror.
E cá vou, a passar,
Aterrado e sozinho,
A lembrar
O santo-e-sanha com que abri caminho…


Coimbra, 6 de Abril de 1973

dorothea-lange-foto-fsa.jpg

 

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Aqui há coração

    Poesia em cada palavra.

  • Anónimo

    Depois de ler o texto e do qual gostei imenso (poi...

  • Anónimo

    Depois de ler o texto e do qual gostei imenso (poi...

  • concha

    Herberto Helder! Tão Grande

  • Anónimo

    Um lindo poema cheio de nostalgia.Gostei muito.Par...

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub