Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

zassu

30
Set17

Poesia e Fotografia 471

 

 

POESIA E FOTOGRAFIA

 

POEMAS NOS DIÁRIOS DE MIGUEL TORGA

 

COROGRAFIA


Meu Portugal eterno

De cabras e carrascos!

É no teu chão dorido

Que gasto, em paz, os cascos

De fauno envelhecido…


Bofinho, Alvaiázere, 9 de Fevereiro de 1975

covas2.jpg

29
Set17

Poesia e Fotografia 470

 

 

 

 

POESIA E FOTOGRAFIA

 

POEMAS NOS DIÁRIOS DE MIGUEL TORGA

 

NATAL


Soa a palavra nos sinos,
E que tropel nos sentidos,
Que vendaval de emoções!
Natal de quantos meninos
Em nudez foram paridos
Num presépio de ilusões.


Natal da fraternidade
Solenemente jurada
Num contraponto em surdina.
A imagem da humanidade
Terrenamente nevada
Dum halo de luz divina.


Natal do que prometeu,
Só bonito na lembrança.
Natal que aos poucos morreu
No coração da criança,
Porque a vida aconteceu
Sem nenhuma semelhança.


Coimbra, Natal de 1974

sad-214977_960_720.jpg

28
Set17

Poesia e Fotografia 469

 

 

POESIA E FOTOGRAFIA

 

POEMAS NOS DIÁRIOS DE MIHUEL TORGA

 

ALENTEJO


A luz que te ilumina,
Terra da cor dos olhos de quem olha!
A paz que se adivinha
Na tua solidão
Que nenhuma mesquinha
Condição
Pode compreender e povoar!
Onde o tempo caminha
Sem chegar!...


Sousel, 20 de Outubro de 1974

13952127647_60818c90a1_b.jpg

27
Set17

Poesia e Fotografia 468

 

 

POESIA E FOTOGRAFIA

 

POEMAS NOS DIÁRIOS DE MIGUEL TORGA

 

SE CANTASSE


Se cantasse, talvez o coração
Sossegasse no peito.
Mas vou perdendo o jeito
De cantar.
A vida, devagar,
Leva-nos tudo,
E deixa-nos na boca o gosto de ser mudo.


Coimbra, 12 de Outubro de 1974

miguel-torga-667x376.jpg

 

26
Set17

Poesia e Fotografia 467

 

 

POESIA E FOTOGRAFIA

 

POEMAS NOS DIÁRIOS DE MIGUEL TORGA

 

ESTIGMA


Dei à vida o que pude.
Enchi o almude
De sofrimento
E de suor honrado.
Mas de nada valeu.
Quem recebeu
O Cântaro atestado,
Negou-me quitamento.
A décima exigida
Não cabia no bojo da medida:
Era o remorso do meu nascimento.


Coimbra, 1 de Agosto de 1974

876080187_1_1000x700_almude-antigo-em-inox-porto.j

25
Set17

Poesia e Fotografia 466

 

 

POESIA E FOTOGRAFIA

 

POEMAS NOS DIÁRIOS DE MIGUEL TORGA

 

ORAÇÃO


Peço-te lucidez, Senhor.
Rogo-te humildemente,
Em nome da terrena condição,
Que me não cegues neste labirinto
De paixões.
Que nele, aos tropeções,
Eu nunca chegue até onde, perdido,
O homem já não pode
Saber até que ponto é consentido
O jugo que sacode.


Coimbra, 14 de Julho de 1974

jardim-labirinto-de-grama-1200x700.jpg

24
Set17

Poesia e Fotografia 465

 

 

POESIA E FOTOGRAFIA

 

POEMAS NOS DIÁRIOS DE MIGUEL TORGA

 

FALÊNCIA


Inicio o poema.
Mas não sei que dorido sentimento
Tolhe-me a inspiração.
Os beijos arrefecem
Na medida dos versos.
E os teus olhos parecem
Mortiços universos
Onde a vida agoniza.
Canto desencantado.
Ergo as velas à brisa
Num barco naufragado.


Coimbra, 7 de Julho de 1974

maxresdefault.jpg

23
Set17

Poesia e Fotografia 464

 

 

POESIA E FOTOGRAFIA

 

POEMAS NOS DIÁRIOS DE MIGUEL TORGA 

 

FLECHA


Seta de um arco tenso disparado,
Vou cego e apontado
Ao alvo que o destino me destina.
Ali termina,
Inglória,
A curva trajetória
Da minha vida.
Insólita aventura,
Tão breve, tão impura,
Tão absurdamente acontecida!


Coimbra, 29 de Junho de 1974

sunset-arrow-bow-man-sky-cloud.jpg

22
Set17

Poesia e Fotografia 463

 

 

POESIA E FOTOGRAFIA

 

POEMAS NOS DIÁRIOS DE MIGUEL TORGA

 

INSÓNIA


Só tu, musa cruel!
Só tu eras capaz
De uma tortura tão desnaturada.
Do pôr do sol até madrugada,
O poeta indefeso
A ler um verso aceso
Na lâmpada apagada.


Coimbra, 10 de Maio de 1974

quarto-escuro.jpg

21
Set17

Poesia e Fotografia 462

 

 

POESIA E FOTOGRAFIA

 

POEMAS NOS DIÁRIOS DE MIGUEL TORGA

 

ABRIL


Dia feliz, passeado.
Sol a jorros, sem calor;
Os santos, de sentinela
Nos miradoiros lavados
Onde flameja a brancura
Da graça do seu renome;
Centeio a jorrar à fome
O advento da fartura;
Ninhos, namoros, ternura,
E caminhos de amargura
Atapetados de flores
De uma insolência sincera:
Vulvas de todas as cores
No impudor da primavera.


S. Martinho de Anta, 14 de Abril de 1974

love1.jpg

Pág. 1/3

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • zassu

    Obrigado pela coreção.A. souza e Silva

  • Anónimo

    Capela do Socorro (https://viladoconde.com/capela-...

  • Anónimo

    Há decénios que Chaves está em dívida com Miguel T...

  • Fer.Ribeiro

    Sem comentários!

  • Anónimo

    Indique-me o seu mail, por favor.

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D