Segunda-feira, 6 de Abril de 2015

Poesia e Fotografia 54

 

 

POESIA E FOTOGRAFIA

 

POEMAS NOS DIÁRIOS DE MIGUEL TORGA

 

CONDENAÇÃO

 

Toda a manhã o lírio pagão,

O animal sensível que em mim olha,

Olhou, olhou, cheio de comoção,

Uma folha.

 

Era de tília a mágica verdura.

Larga, quieta, ao sol, vivia.

E a viver assim dava frescura

A quem da terra seca lha pedia.

 

Nisto, não sei que maldição soprou,

Ou que Deus demoníaco sorriu,

Que toda aquela calma se agitou

E caiu.

 

Gerês, 26 de Agosto de 1942

08529_HD.jpg

 


publicado por zassu às 15:37
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10

19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Poesia e Fotografia 433

. Poesia e Fotografia 432

. Poesia e Fotografia 431

. Poesia e Fotografia 430

. Poesia e Fotografia 429

. Poesia e Fotografia 428

. Poesia e Arte 51

. Poesia e Fotografia 426

. Poesia e Fotografia 427

. Poesia e Fotografia 425

.arquivos

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

.tags

. todas as tags

.A espreitar

online

.StatCounter


View My Stats

.subscrever feeds