Terça-feira, 1 de Setembro de 2015

Poesia e Fotografia 152

 

 

POESIA E FOTOGRAFIA

 

POEMAS NOS DIÁRIOS DE MIGUEL TORGA

 

NOCTURNO

 

Se a noite vem, dorme o teu sono justo.
A noite é como a terra da semente.
Seja qual for o custo,
Compra o teu dia, como toda a gente.

 

E, de manhã, desperta.
Brota da escuridão
A mesma flor aberta,
Mas com sonho na mão.

 

A não ser que, poeta e condenado,
Tenhas de noite que guardar a vida.
Então vela, orvalhado,
Como semente que não tem guarida.

 

Coimbra, 20 de Novembro de 1947

FB_IMG_1441029833016.jpg


publicado por zassu às 18:47
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10

19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Poesia e Fotografia 433

. Poesia e Fotografia 432

. Poesia e Fotografia 431

. Poesia e Fotografia 430

. Poesia e Fotografia 429

. Poesia e Fotografia 428

. Poesia e Arte 51

. Poesia e Fotografia 426

. Poesia e Fotografia 427

. Poesia e Fotografia 425

.arquivos

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

.tags

. todas as tags

.A espreitar

online

.StatCounter


View My Stats

.subscrever feeds