Sábado, 21 de Dezembro de 2013

Encontros - Cena 13:- Mensagem de Boas Festas (ou o meu desejo natalício)

 

 

 

MENSAGEM DE BOAS FESTAS

(OU O MEU DESEJO NATALÍCIO)

 

 

Somos herdeiros de uma cultura que se habituou a ver no Natal o espírito da Família e da Solidariedade.

 

Apesar do conceito de família e da solidariedade, ao longo dos anos, se ter alterado profundamente, é bem verdade que a família, e ainda não se passaram assim tantos anos, que entrava no nosso espírito natalício, era muito mais extensa e mais inserida num contexto comunitário, mais próprio de um país e de uma sociedade confinada e com profundas raízes rurais.

 

E a solidariedade que aí se praticava era mais verdadeira, genuína, autêntica. Não era estratégia de marketing nem tão pouco «caridadezinha».

 

Nem todo o espírito de Natal que hoje se vive me convence.

 

A sociedade em que vivemos entrou em profunda crise porque deixou que a noção de solidariedade fosse substituída pelo endeusamento do «narciso», sujeito para o qual não há limites.

 

Durante longos anos vivemos neste «caldo de cultura» individual e que nos trouxe até aqui.

 

É nos momentos de aperto e crise que melhor aferimos o verdadeiro espírito natalício.

 

Que nos obriga a pensar e a refletir que, no final de contas, todos os dias devemos viver, partilhar deste espírito natalício. Espírito de morte, que traz consigo o de (re)nascimento de uma nova e renovada vida. Que nos impele e exige que sejamos, também todos os dias, solidários.

 

Não apenas no «pão» que falta na mesa neste dia, mas em todos os dias.

 

E em tudo. Exigindo uma maior justiça e redistribuição da riqueza.

 

 Uma sociedade que reduz o Homem a uma simples engrenagem e o trata como uma simples mercadoria é injusta, desumana e antidemocrática.

 

Porque a democracia tem o Homem como o seu centro nevrálgico e vital. Homem-cidadão portador de direitos, como o de viver uma vida condigna numa sociedade que deve pugnar pela equidade.

 

Por isso, o meu desejo natalício para o próximo ano, que aí vem, é só um - o termos, como povo e sociedade, a coragem de lutar por implementar e conquistar uma única e verdadeira reforma de que tanto carecemos - o «abatermos» o fosso entre os cada vez muito mais pobres e os cada vez muito menos e muito mais ricos.

 

Porque é, assim desta forma, que o verdadeiro espírito natalício (com a apologia da Família e da Solidariedade), vivido nesta quadra, se comemora e cumpre!

 

A todas e todos os meus amigos, um Feliz Natal e um Bom Ano Novo, vivido e imbuído deste espírito.

 

Augusto Santos Zassu

 

 

 

 


publicado por zassu às 20:43
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 9 seguidores

.Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. Poesia e Fotografia 536

. Poesia e Fotografia 535

. Poesia e Fotografia 534

. Poesia e Fotografia 533

. Poesia e Fotografia 532

. Poesia e Fotografia 531

. Poesia e Fotografia 530

. Poesia e Fotografia 529

. Poesia e Fotografia 528

. Poesia e Arte 67

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

.tags

. todas as tags

.A espreitar

online

.StatCounter


View My Stats

.subscrever feeds